• banner CARE 404x132
  • banner cansada

APAV alarga serviços de apoio à vítima ao Alto Alentejo Oeste

A APAV, na sua missão de apoiar vítimas de crime, seus familiares e amigos/as, tem, ao longo de quase 27 anos, construído e ampliado as suas redes de serviços de proximidade por todo o país para estar mais perto e melhor servir as/os cidadãos vítimas de crime. 

A APAV inaugurou a sede do seu novo Gabinete de Apoio à Vítima do Alto Alentejo Oeste no dia 10 de Maio. A cerimónia de inauguração teve lugar no Centro de Artes e Cultura de Ponte de Sor, com a presença o presidente da Câmara Municipal de Ponte de Sor, Hugo Hilário.

O Gabinete de Apoio à Vítima do Alto Alentejo Oeste conta com o apoio da Câmara Municipal de Ponte de Sor e tem como missão a itinerância pelos municípios de Alter do Chão, Avis, Crato, Gavião, Fronteira, Nisa, Ponte de Sor e Sousel, prestando apoio a quem é vítima numa região marcada pela dispersão populacional. A prevenção do crime e da violência no território oeste do Alto Alentejo é, igualmente, uma aposta deste novo serviço inovador pela sua mobilidade, e flexibilidade face ao território e população que serve em proximidade. 

Esta inovadora resposta surge na operacionalização do Protocolo de Colaboração, celebrado a 24 de Janeiro de 2017 com a Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Catarina Marcelino, com 8 municípios membros da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo, Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (CIG), os serviços desconcentrados da administração direta do Estado na área da Segurança Social, Educação, Saúde e Formação Profissional, serviços do Ministério da Justiça na área da Medicina Legal, da Reinserção e dos Serviços Prisionais, Comissões de Proteção de Crianças e Jovens, GNR, PSP, Bombeiros e o Instituto Politécnico de Portalegre. 

Deste modo, a APAV passa a estar diretamente presente em 23 concelhos através da sua rede nacional de 16 Gabinetes de Apoio à Vítima®, alicerçada nas três sub-redes de apoio especializado a crianças e jovens vítimas de violência sexual (CARE), familiares e amigos de vítimas de homicídio (RAFAVH) e vítimas migrantes e de discriminação (UAVM+D), bem como na rede de Casas de Abrigo e à Linha de Apoio à Vítima – 116 006 – número europeu gratuito de apoio a vítimas. 

A APAV acredita e trabalha para que quem é vítima de crime em Portugal tenha veja os seus direitos reconhecidos, garantido o seu exercício não somente em letra de lei, considerando-se para isso essenciais a informação e os serviços qualificados e independentes de apoio à vítima.

Protocolo de colaboração entre a CM Ponte de Sor e a APAV [PDF]


Gabinete de Apoio à Vítima do Alto Alentejo Oeste
Rua de Sto. António, nº 20
7400-245 Ponte de Sor

Telefone: 242 094 732 
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

APAV Notícias #74 | Maio 2017

A newsletter APAV Notícias, boletim informativo da APAV, apresenta um resumo das actividades mais recentes da Associação. A edição #74, maio de 2017, reúne informação sobre: a campanha de consignação do IRS para a APAV - NIF 502 547 952; a inauguração do novo Gabinete de Apoio à Vítima do Alto Alentejo Oeste; a quinta edição das Jornadas contra a Violência, que se realizam em Santarém; e a primeira edição da Summer School do Victim Support Europe. A newsletter inclui ainda vários destaques. Consulte aqui a newsletter:

APAV Notícias #74 | Maio 2017

Santarém acolheu V Jornadas Contra a Violência

No passado dia 5 de Maio de 2017, a APAV promoveu as V Jornadas Contra a Violência, que tiveram lugar na Escola Superior de Saúde de Santarém. O evento contou com a participação de diversos técnicos e especialistas que, ao longo do dia, brindaram os participantes com apresentações sobre os temas: “Violência de e contra crianças e jovens”, “Cibercrime” e “Violência e crime contra pessoas idosas".

Informações:
apav.pt/jornadassantarem

IV Semana Mundial da Segurança Rodoviária | 8 a 14 Maio 2017

 

A APAV enquanto organização nacional de apoio à vítima e interessada na promoção da prevenção da criminalidade e da vitimação rodoviária, associa-se à comemoração da Semana Mundial de Segurança Rodoviária 2017, que decorre de 8 a 14 de Maio, com o mote "Reduza a velocidade, salve vidas". Trata-se de uma iniciativa das Nações Unidas que pretende mobilizar todos os países em torno de um tópico grave relacionado com a sinistralidade rodoviária. 

Este ano, no âmbito desta semana, a Estrada Viva com a Câmara Municipal de Lisboa e a Direção-Geral da Saúde promovem, a Conferencia SlowDownDay, no dia 9 de Maio, entre as 16 e as 19 horas, na Sala do Arquivo, Paços do Concelho, da Câmara Municipal de Lisboa. Para mais informações sobre esta iniciativa, consulte o site dedicado à Semana Mundial da Segurança Rodoviária.

A APAV aproveita ainda esta oportunidade para reforçar a importância da mobilização da opinião pública para uma maior responsabilização para a segurança rodoviária, no sentido de reduzir a vitimação, disseminando a Folha Informativa APAV sobre Crimes Rodoviários, documento que condensa informação de forma sumária e concisa, procurando responder a questões essenciais. Consulte aqui o documento:

Folha Informativa APAV | Crimes Rodoviários (PDF)

Formação APAV: Furto de Identidade através da Internet | 4 Maio 2017

Nos últimos anos, o furto de identidade tem sido praticado com recurso a meios cada vez mais sofisticados e assumido um caráter transnacional. O uso generalizado de tecnologias de informação e comunicação e a conexão global através da Internet permitem a internacionalização da criminalidade e o aparecimento constante de novas formas de cometer estes crimes, perpetrados muitas vezes por associações criminosas com um elevado grau de organização e especialização.

Este curso é dirigido a  Técnicos de Apoio à vítima, Profissionais do Sistema de Justiça (Ministério Público, Polícia Judiciária, Oficiais de Justiça e Advogados) e Forças de Segurança (Polícia de Segurança Pública, Guarda Nacional Republicana e Serviço de Estrangeiros e Fronteiras) e profissionais interessados em adquirir conhecimentos nesta área. Tem como objetivo que as/os formandas/os fiquem aptas/os a reconhecer a temática das crianças e jovens vítimas de crime e violência e identificar estratégias de prevenção e intervenção eficazes, no apoio a crianças e jovens vítimas de crime e violência.

Local: Centro de Formação APAV, Serviços Centrais de Sede | Lisboa

Investimento: 90€

Inscrições e informações:
formacaoapav.pt