• banner CARE 404x132 v2

A fraude não tira férias

Publicado .

 

Desde voos fraudulentos a alojamentos não existentes, há cibercriminosos dispostos a estragar as suas férias. Proteja-se!

As fraudes online são comuns durante todo o ano. No entanto, o Centro Europeu para a Cibercriminalidade (EC3) da Europol avisa que, nesta época, devemos proteger-nos contra a fraude em período de férias chamada holiday fraud.

O que é?
A fraude em período de férias acontece quando a vítima paga, através da internet, a um agente ou agência de viagens ou qualquer outra entidade de serviços de aluguer (por exemplo, carros e alojamento) e vem, mais tarde, a descobrir que o serviço reservado não existe ou foi pago não com o seu dinheiro mas com o cartão de outra vítima, tornando a compra inválida.

Sinais de aviso
• É contactado/a por um agente ou companhia de viagens, com quem nunca comunicou anteriormente, que lhe oferece um pacote de viagem a um preço muito reduzido;
• O site parece suspeito, por exemplo, existem poucas fotografias do alojamento/hotel ou existem poucos comentários de hóspedes anteriores;
• É-lhe pedido que faça o pagamento em dinheiro, através de transferência monetária (por exemplo através da Western Union, Money Transfer, etc.) ou até mesmo com Bitcoins;
• É incitado a fazer o pagamento rapidamente.

Como se proteger?
• Não responda a emails ou mensagens com ofertas de viagens de remetentes que não conhece;
• Marque o seu voo diretamente com a companhia aérea e reserve o seu alojamento diretamente com o hotel ou proprietário/a do alojamento local;
• Peça detalhes adicionais sobre o hotel/alojamento como, por exemplo, mais fotografias, localização e informações sobre a área circundante;
• Verifique se o site através do qual faz a reserva e procede ao pagamento utiliza um sistema de pagamento seguro;
• Depois da compra, verifique se recebeu os documentos necessários (por exemplo, bilhete eletrónico, confirmação de reserva, etc.) e verifique se estão corretos.

O que fazer?
Guarde todas as provas (emails trocados, documentos recebidos, etc.) e denuncie a situação junto da Polícia Judiciária.

Para mais informação:
europol.europa.eu/2good2btrue

Alerta: novo esquema de sextortion em vários países, incluindo Portugal

Publicado .

87u6tygj 8iy7ugh 01

Sextortion consiste na ameaça de publicação de imagens privadas e sensíveis, de cariz sexual, a menos que a vítima pague uma determinada quantia ao criminoso. O esquema atualmente em circulação consiste no envio de uma mensagem de e-mail por um alegado hacker que afirma ter acedido à webcam da vítima e ter na sua posse vídeos da pessoa em causa a ver filmes pornográficos na internet. O remetente do e-mail ameaça divulgar estes vídeos se a vítima não lhe pagar o montante exigido. Para aumentar a credibilidade da sua mensagem, o criminoso informa que conhece a password do e-mail do destinatário e indica-a no e-mail. O criminoso teve acesso a esta password (atual ou antiga) do destinatário em virtude de situações anteriores de obtenção ilícita e massiva e subsequente divulgação online de dados de acesso a contas de e-mail.

A ameaça não é credível e deve ser ignorada. No entanto, se for vítima desta tentativa de ataque:
- não responda ao e-mail;
- não efetue qualquer pagamento: para além de muito provavelmente neste caso o criminoso não ter na sua posse qualquer vídeo seu, o pagamento vai incentivá-lo a continuar a chantageá-lo a si e a outras pessoas;
- altere a sua password, sobretudo se a que o criminoso mencionou no e-mail que lhe enviou for a atual: é importante para se proteger deste e de outros esquemas informáticos que as suas passwords sejam seguras e alteradas com regularidade;
- denuncie a situação ao Ministério Público ou à polícia.

APAV Notícias #89 | Agosto 2018

Publicado .

A newsletter APAV Notícias, boletim informativo da APAV, apresenta um resumo das actividades mais recentes da Associação. A edição #89, de agosto de 2018, reúne informação sobre a Conferência "Ódio Nunca Mais", que se realiza a 26 de setembro; a abertura das candidaturas à quarta edição do Prémio APAV para a Investigação; e a realização das Jornadas do Alto Alentejo contra a Violência. O boletim inclui ainda vários destaques.

Consulte aqui a newsletter:

APAV Notícias #89 | Agosto 2018

V Jornadas APAV Açores Contra a Violência | 15 Novembro

Publicado .

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima promove no dia 15 de Novembro de 2018 as V Jornadas APAV Açores contra a Violência, em Lagoa. O evento terá lugar no Cine Teatro Lagoense.

Após quatro edições em Ponta Delgada, pela primeira vez Lagoa será palco de discussão e reflexão partilhadas com os vários parceiros sobre temáticas no âmbito do apoio a vítimas de crime e a prevenção da vitimação e da violência.

No evento, que irá reunir diversos especialistas, serão abordadas três áreas principais: Violência Filioparental; Apoio Online a Vítimas de Crime; e Violência contra Pessoas com Deficiência Intelectual e/ou Multideficiência.

Valor da inscrição: 5€

Inscrições, programa e informações:
apav.pt/jornadas

Prémio APAV para a Investigação 2018: candidaturas abertas

Publicado .

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima promove em 2018 a quarta edição do Prémio APAV para a Investigação, com o apoio da Fundação Montepio.

O Prémio APAV para a Investigação destina-se a premiar trabalhos de investigação científica sobre temas ou problemas relacionados com a missão da APAV: “Apoiar as vítimas de crime, suas famílias e amigos, prestando-lhes serviços de qualidade, gratuitos e confidenciais e contribuir para o aperfeiçoamento das políticas públicas, sociais e privadas centradas no estatuto da vítima”.

Estão abertas as candidaturas para o Prémio APAV para a Investigação 2018.

Condições gerais:
- O Prémio APAV será atribuído anualmente pela APAV a um trabalho inédito, desenvolvido em língua portuguesa.
- O Prémio APAV será atribuído a um trabalho que contribua para o conhecimento geral ou específico dos temas ou problemas relacionados com as vítimas de crime, ou para a melhoria de qualidade dos serviços de apoio à vítima em Portugal.
- O Prémio APAV será atribuído a um trabalho desenvolvido em áreas científicas diversas, tais como Direito, Psicologia, Serviço Social, Sociologia, História, Economia, Saúde, Antropologia, Criminologia, Vitimologia, Pedagogia, etc.

Formulário de Candidatura [Link]
Consulte aqui o Regulamento [PDF].

Envio de candidaturas até dia 15 de setembro de 2018.

Informações e candidaturas:
apav.pt/premioapav2018