• banner CARE 404x132 v2

Josefinas apresenta t-shirts solidárias "Collections"

Publicado .

A Josefinas acaba de apresentar uma linha de t-shirts solidárias de nome "Collections". Desenvolvida em parceria com a APAV, por cada t-shirt vendida, uma mulher vítima de violência doméstica é apoiada pela instituição. O montante angariado destina-se às Casas de Abrigo da APAV, para que mulheres em perigo tenham acesso a necessidades básicas, como abrigo e alimentação, e a apoio jurídico, social e psicológico. "Collections" integra a iniciativa "You Can Leave" da Josefinas, uma linha de sapatilhas solidárias também criada em parceria com a APAV.

As t-shirts "Collections" são assinadas pela ilustradora britânica Jacqueline Bissett, reconhecida pelas suas criações gráficas para casas de alta-costura como Yves Saint Laurent, Louis Vuitton e Givenchy. Cada t-shirt ilustra uma desculpa usada pela vítima para explicar à sua família e amigos os ferimentos e as nódoas negras que surgem – “caí pelas escadas”, “fui contra um armário”, “fui contra uma parede”.

"Collections" está disponível em exclusivo na loja online da Josefinas em josefinas.com/pt/you-can-leave por 79€.

APAV formaliza protocolo com Município da Chamusca

Publicado .

No dia 8 de fevereiro foi estabelecido um protocolo de colaboração entre o Município da Chamusca e a APAV. A cerimónia de assinatura do protocolo teve lugar na Câmara Municipal e as entidades estiveram representadas por Paulo Queimado (Presidente da C.M. Chamusca) e João Lázaro (Presidente da APAV).

Na sequência deste protocolo, a Equipa Móvel de Apoio à Vítima (EMAV) da Lezíria do Tejo passará a prestar apoio no Município da Chamusca (todas as sextas-feiras, das 9h30 às 12h30) no edifício do Centro de Inclusão Social da Chamusca.

O protocolo insere-se no âmbito da parceria com a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo, encontramndo-se já formalizados três protocolos - com os municípios de Almeirim, Salvaterra de Magos e Chamusca. O objetivo é a extensão deste atendimento descentralizado, através do Gabinete de Apoio à Vítima da APAV de Santarém, a todos os Municípios da Comunidade.

Seminário | Gabinete de Apoio à Vítima de Ponta Delgada: 15 Anos ao Serviço da Comunidade | 25 Fevereiro

Publicado .

Há 15 anos, no dia 22 de fevereiro de 2004, a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima formalizava o seu primeiro compromisso com a comunidade da Região Autónoma dos Açores. O Gabinete de Apoio à Vítima (GAV) da APAV estabelecia-se na Região, na cidade de Ponta Delgada, com um objetivo primordial inerente aos serviços de proximidade da Associação: dar resposta às necessidades de apoio de todas as pessoas vítimas de crime, seus familiares e amigos/as, que se traduz no atual momento num total de mais de 5.000 pessoas apoiadas, desde 2004.

Passados 15 anos, o GAV Ponta Delgada tem marcado a diferença na vida das pessoas vítimas de crime e na comunidade, assinalando uma aposta de sucesso, através da sua resposta multidisciplinar e adequada às suas necessidades, que desde a sua implementação, contém um histórico de mais de 15.000 atendimentos, constituindo a sua maioria crimes contra as pessoas: vida ou integridade física e liberdade pessoal.

No âmbito das comemorações do seu 15º aniversário, o GAV Ponta Delgada promove um seminário no dia 25 de fevereiro. O seminário "Gabinete de Apoio à Vítima de Ponta Delgada: 15 Anos ao Serviço da Comunidade" terá lugar no Salão Nobre da Câmara Municipal de Ponta Delgada. Este seminário vai contar com a participação de João Lázaro (Presidente da APAV), José Manuel Bolieiro (Presidente da C.M. Ponta Delgada), Sílvia Branco (Gestora da APAV Açores), Carla Ferreira (Gestora técnica da Rede CARE) e Raquel Rebelo (Gestora do GAV Ponta Delgada).

Entrada livre, limitada à lotação da sala.
Confirme por favor a sua presença para: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Programa

APAV Notícias #95 | Fevereiro 2019

Publicado .

A newsletter APAV Notícias, boletim informativo da APAV, apresenta um resumo das actividades mais recentes da Associação. A edição #95, de fevereiro de 2019, reúne informação sobre: a audiência do Presidente da República para reflexão e análise da situação da violência doméstica contra as mulheres; o Seminário/Debate sobre Ccrimes de Ódio, que se realiza no dia 22 de Fevereiro, Dia Europeu da Vítima de Crime; e a nova coleção de t-shirts solidárias, promovida pela marca Josefinas. A newsletter inclui ainda vários destaques.

Consulte aqui a newsletter:
APAV Notícias #95 | Fevereiro 2019

APAV apresenta nova campanha sobre violência contra pessoas idosas

Publicado .

O envelhecimento da população mundial e muito particularmente das sociedades europeias constitui um dos maiores desafios do século XXI. Reconhecendo que a violência contra as pessoas idosas é uma questão social, de segurança e de saúde pública, considera-se que o combate eficaz deste problema contribui para um futuro mais inclusivo, em que todos sejam respeitados em cada ciclo da vida, nomeadamente no contexto de um envelhecimento ativo e saudável.

A APAV tem vindo a alertar a sociedade portuguesa para a realidade ainda obscura da violência praticada contra as pessoas idosas. Segundo dados do Eurostat, Portugal será um dos Estados-Membros da União Europeia com maior percentagem de pessoas idosas e menor percentagem de população ativa em 2050. A Organização Mundial de Saúde (OMS) receia que este aumento, associado a uma certa quebra de laços entre as gerações e ao enfraquecimento dos sistemas de proteção social, venha a agravar as situações de violência.

A APAV apoia as pessoas idosas e as suas famílias, prestando-lhes apoio jurídico, psicológico e social; e conta com a colaboração de outras instituições, públicas e privadas; e com os/as vizinhos/as e conhecidos/as das vítimas, cujo papel pode ser muito importante, sobretudo na denúncia das situações de violência.

A consciencialização da população conduziu ao incremento do número de pessoas apoiadas. Contudo, há ainda muitos obstáculos, como as barreiras mentais, a dificuldade de acesso e compreensão da informação, a dependência, a vergonha e a fragilidade persistem aliadas à perceção pouco generalizada do problema.

A APAV apresenta uma nova campanha de sensibilização, com o mote "Olhar para o lado é ser cúmplice deste crime”. A campanha teve desenvolvimento estratégico e criativo da McCann, realização da Grumpy Panda e apoio da Universal McCann Media.

A violência sobre pessoas idosas aumentou mais de 30% nos últimos anos.*
Olhar para o lado é ser cúmplice deste crime.

Não desvalorize, ligue 116 006 (dias úteis, das 09h às 21h).


Link para o vídeo: youtube.com/BeFquvQQEVU

* Estatísticas APAV | Pessoas Idosas Vítimas de Crime e de Violência 2013-2016