banner irs2020 top

Bruno Nogueira promove angariação de fundos a favor da APAV

Publicado .

Bruno Nogueira

A APAV foi uma das instituições escolhidas pelo ator, humorista e apresentador de televisão Bruno Nogueira para uma iniciativa de angariação de fundos durante as emissões em direto no seu perfil de Instagram.

De 20 de abril a 24 de abril foram angariados 2156,17€ através do contributo solidário dos/as portugueses/as que acompanharam o "Como é que o bicho mexe?".

Sendo uma instituição sem fins lucrativos, a APAV vive muito da força solidária e sem esta a nossa missão de apoiar quem é vítima de crime tornar-se-ia muito mais difícil de cumprir.

Agradecemos ao Bruno Nogueira e a todos/as que contribuíram.

Ilustração: Nuno Markl

25 de abril | A liberdade ainda não é de todos

Publicado .

A APAV assinala o 25 de abril de 1974 recordando a campanha: "A liberdade ainda não é de todos".

A campanha foi desenvolvida criativamente e de forma mecenática pela agência Wunderman Thompson.

Análise do Estatuto do Cuidador Informal

Publicado .

 

No passado dia 6 de setembro foi publicado, em Diário da República, em anexo à Lei n.º 100/2019, o Estatuto do Cuidador Informal.

A Lei n.º 100/2019 e o Estatuto em anexo, foram aprovados pelo Parlamento, por unanimidade, a 5 de julho de 2019, e promulgados pelo Presidente da República a 6 de agosto.

Esta Lei que veio alterar o Código dos Regimes Contributivos do Sistema Previdencial de Segurança Social e a Lei n.º 13/2003, visou a regulação dos direitos e deveres do/a cuidador/a e da pessoa cuidada, bem como estabelecer medidas de apoio destinadas aos/às cuidadores/as.

O artigo 15.º da Lei previa a sua regulamentação no prazo de 120 dias, ou seja, até dia 6 de janeiro de 2020. Tal veio a acontecer no dia 10 de janeiro de 2020, com a publicação da Portaria n.º 2/2020, que Regulamenta os termos do reconhecimento e manutenção do Estatuto do Cuidador Informal. Dois meses depois, no dia 10 de março, foi publicada a Portaria n.º 64/2020, que define os termos e as condições de implementação dos projetos-piloto previstos no Estatuto do Cuidador Informal.

Segundo dados apresentados pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) relativos a 2017, em média 13,5% da população com mais de 50 anos presta cuidados a uma pessoa idosa diariamente (7,2%) ou semanalmente (6,3%). O Inquérito Social Europeu de 2014 estimou que 1 em 3 adultos com idades compreendidas entre os 25 e os 75 anos presta cuidados informais e que 1 em 13 cuidadores/as presta cuidados durante no mínimo 11 horas por semana . Em Portugal, estima-se que existem mais de 800 mil cuidadores informais.

No âmbito da violência contra pessoas idosas, sabe-se que na maior parte das situações, esta é cometida por familiares e/ou cuidadores/as da vítima, sendo por isso este um tema sobre o qual a APAV se tem debruçado, particularmente no âmbito do projeto Portugal Mais Velho.

Assim, a APAV propôs-se a fazer uma análise crítica do Estatuto do Cuidador Informal, bem como das duas Portarias que o regulamentam, de forma a permitir uma melhor compreensão desta legislação e suas consequências para a vida dos/as cuidadores/as informais e das pessoas de quem cuidam, bem como para melhor acompanhar os desenvolvimentos nesta matéria.

Barómetro APAV/Intercampus: Perceção da População sobre Cibersegurança

Publicado .

 

A APAV apresenta hoje as conclusões do Barómetro APAV/Intercampus sobre a “Perceção da População sobre Cibersegurança”. O inquérito sobre cibersegurança foi desenvolvido no âmbito da parceria mecenática entre a APAV e a Intercampus, resultando da aplicação de um questionário junto da população portuguesa.

A informação foi recolhida através de entrevistas online, junto de um painel de internautas, no período entre 27 de fevereiro e 8 de março de 2020. O inquérito é composto maioritariamente por perguntas fechadas sobre, por exemplo, a frequência de acesso à internet, atividades que realiza online, perceções sobre cibersegurança, perceções sobre cibercrime, estruturas de apoio a vítimas de cibercrime.

Destacamos algumas conclusões:

• 24% dos inquiridos considera estar bastante bem informado sobre os riscos inerentes ao Cibercrime

• Apenas 10% dos inquiridos declara ter conhecimento de alguma estrutura em Portugal que preste Apoio a Vítimas de Cibercrime

• 17% do total da amostra tem conhecimento da Linha Internet Segura, sendo que 7% dos que conhecem já contactou ou conhece alguém que tenha contactado com a Linha Internet Segura

As conclusões do Barómetro APAV/Intercampus serão apresentadas esta tarde, pelas 17h, numa transmissão em direto no Instagram da APAV. Ricardo Estrela, gestor da Linha Internet Segura, e Clara Francisco, representante da Intercampus, estarão à conversa sobre o tema.

 

Consulte aqui o documento:
Barómetro APAV/Intercampus | Perceção da População sobre Cibersegurança (PDF)

Campanha APAV 30 Anos | Telma Monteiro

Publicado .

Telma Monteiro é uma atleta olímpica portuguesa, na modalidade Judo e é a atleta mais titulada do judo português. Tem cinco títulos de campeâ da Europa e quatro títulos de vice-campeã mundial, para além disso tem duas condecorações: Oficial da Ordem do Mérito (2012) e Comendadora da Ordem do Mérito (2016).

A atleta é a nona personalidade portuguesa a associar-se à campanha APAV, 30 Anos Pelos Direitos das Vítimas.

Para mais informações sobre as atividades dos 30 Anos da APAV consulte o site apav.pt/30anos.