• banner CARE 404x132 v2

Dia Internacional para a Eliminação da Discriminação Racial

Publicado .

No dia 21 de Março é assinalado o Dia Internacional para a Eliminação da Discriminação Racial, efeméride instituída pela Organização das Nações Unidas em 1969.

Em 2001, em Durban, a comunidade internacional reconheceu que nenhum país podia reivindicar estar imune ao racismo. Nos dias que correm, todos assistimos ao crescendo de uma onda de intolerância, visões racistas e violência impulsionada por um discurso de ódio acolhido por partidos populistas e nacionalistas, que tem resultado num aumento exponencial dos crimes de ódio contra as minorias, em diversos países.

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima, através da Unidade de Apoio à Vítima Migrante e de Discriminação, está disponível para apoiar. As pessoas que sejam vítimas de qualquer forma de discriminação encontram na APAV apoio jurídico, social e psicológico, prestado por profissionais especializados.

A APAV trabalha para que todas as pessoas, independentemente da sua origem racial, nacionalidade ou etnia sejam tratadas de forma igualitária. Esperamos que neste dia todos façam uma reflexão em prol da igualdade de direitos e de tratamento das minorias em Portugal.

Presidente da República visita APAV

Publicado .

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, visitou a APAV no dia 8 de Março, no âmbito do Dia Internacional da Mulher.

A visita iniciou-se no Gabinete de Apoio à Vítima de Lisboa da APAV, seguiu para a Linha de Apoio à Vítima e terminou com um discurso, passando pelos serviços de Sede da Associação.

No seu discurso, Marcelo Rebelo de Sousa reforçou a importância do trabalho desenvolvido pela APAV no apoio às vítimas de crime, deixando igualmente a vontade de ver a APAV crescer continuamente naqueles que são os serviços de apoio, prevenção e sensibilização que oferece a quem sofre um crime.

A acompanhar o Presidente da República, esteve a Vice-Presidente da APAV, Catarina de Albuquerque, a Secretária-Geral da APAV, Carmen Rasquete, os membros da Direção, Carlos Pinto de Abreu e Margarida Blasco, bem como o Presidente da Assembleia Geral e Associado Fundador da APAV, Álvaro Laborinho Lúcio.

One Billion Rising: Pelo fim da violência contra as mulheres | 8 Março

Publicado .

Uma em cada três mulheres do planeta é violada ou espancada durante a vida. Isto representa mil milhões de mulheres violadas ou espancadas. Mil milhões de filhas, mães, avós, irmãs e amigas. Mil milhões de mulheres e aqueles que as amam vão levantar-se, sair, dançar e exigir um fim para esta violência.  Vem dançar connosco pelo fim da violência contra as mulheres de todo o mundo.

A associação Changing Wave convida todos os interessados a participarem num movimento global pelo fim da violência contra as mulheres, na edição portuguesa da campanha One Billion Rising, que se vai realizar na Estacão Ferroviária do Rossio, em Lisboa, no dia 8 de Março às 19h00.

A ideia do One Billion Rising surgiu em 2012 e partiu da dramaturga Eve Ensler (“Os Monólogos da Vagina”), motivada pelas estatísticas da ONU - uma em cada três mulheres no planeta é alvo de violência, o que corresponde a mil milhões de mulheres agredidas. Em 2016, mais de 200 países participaram. A campanha One Billion Rising de 2017 vai focar-se na exploração das mulheres e pretende capitalizar a solidariedade global e exigir o fim da violência em todas as formas. Dançaremos para expressar alegria, determinados na criação de um novo tipo de consciência.

Em 2012, a música "Break the Chain" foi criada para a campanha global One Billion Rising. Este ano, a Changing Wave criou uma música de intervenção em português “Sopra a dor”, feita pelo produtor americano Marco Jung e com a colaboração de diferentes artistas. Será um dueto entre os artistas Kika Cardoso e Darko e o refrão será cantado em coro por artistas do The Voice Portugal, tais como: Francisco Murta, Trio Edna, Sérgio Alves, Márcio Vicente, Vera Lima, Jaime e Nuno Baptista, Inês Hudson,  Ana Vasconcelos, Trio LIAC, Luís Cruz e Raquel Monteiro.

A edição portuguesa de One Billion Rising 2017 é uma coorganização da Changing Wave e da Câmara Municipal de Lisboa, que conta com o apoio da Infraestruturas de Portugal, que acolhe a iniciativa. A música “Sopra a dor” será apresentada neste evento, que terá também uma atuação da Kika Cardoso e Darko. A apresentação do evento estará a cargo da atriz e apresentadora Filomena Cautela e do ator Filipe Salgueiro.

 

Programa:
19h00 Apresentação do evento e da campanha por Filomena Cautela e Filipe Salgueiro
19h15 Apresentação da música “Sopra a dor” ao vivo -  Kika Cardoso & Darko
19h30 Concertos de artistas
20h45 Encerramento

 

Facebook | Evento

Disco "Ary, o poeta das canções" reverte para a APAV

Publicado .

Ary dos Santos, o nome incontornável da história da música portuguesa, celebraria 80 anos em 2017. Autor de mais de seiscentos poemas para canções, foi através da música que alcançou o grande público. Hoje, José Carlos Ary dos Santos é reconhecido por todos e as mensagens dos seus poemas continuam actuais, apesar da sua obra contar já mais de quatro décadas. É precisamente dessa intemporalidade das canções que nasceu projecto Ary, o Poeta das canções, idealizado e protagonizado pelo cantor Joaquim Lourenço.

É agora lançado o disco que marca as celebrações dos 80 anos do nascimento do poeta. Este trabalho reúne 15 clássicos da música portuguesa do século XX, tocados e cantados de forma inovadora e contemporânea, com recurso à linguagem da música clássica, do jazz, da world music e do novo teatro musical.

Este projecto tem uma vertente solidária e por cada disco vendido 1€ reverte para a APAV.

Informações:
Site: Joaquim Lourenço
Facebook: Ary, O Poeta das Canções

Exposição "OLHA" de Valter Vinagre | Galeria Municipal de Arte de Almada

Publicado .

Olha, de Valter Vinagre

A Galeria Municipal de Arte de Almada apresenta, de 3 de março a 13 de maio, a exposição de fotografia “Olha”, da autoria de Valter Vinagre. A exposição, inserida nas Comemorações Municipais do Dia Internacional de Mulher, resulta de um projeto desenvolvido entre o fotógrafo e a APAV, com o objetivo de retratar o universo das vítimas de crime em Portugal. A exposição inaugura no dia 3 de março, sexta-feira, às 18h30.

 

Galeria Municipal de Arte de Almada
Av. D. Nuno Álvares Pereira, 74-A | Almada
21 272 4724 | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Horário:
Segunda a sexta: 10h00-12h30 / 14h00-18h00
Sábados: 14h00-18h00
Encerra aos domingos e feriados