• banner CARE 404x132 v2

APAV acolheu o Workshop "116 006: European victim support helplines"

Publicado .

A APAV acolheu, nos dias 19 e 20 de outubro, o Workshop "116 006: European victim support heplines", em co-organização com o Victim Support Europe. Este workshop teve por o objetivo de promover a partilha de boas práticas, um debate alargado e interativo sobre aspetos técnicos e organizacionais, a forma como o 116 006 se integra nos serviços de apoio e ainda as possíveis implicações político-legislativas.

O apoio à distância, fundado nas tecnologias de comunicação e informação, constitui um valioso aliado das organizações e serviços de apoio às vítimas de crime e de violência. Não só aproxima os serviços às comunidades que, de outro modo, não acederiam a informação ou apoio, como permitem uma melhor e mais célere resposta às necessidades das vítimas.

A utilização de uma linha de apoio telefónico comum a qualquer país Europeu – 116 006 – permite que uma pessoa vítima de um crime cometido num Estado-Membro que não o seu, utilize o mesmo número e aceda ao mesmo tipo de serviço de apoio. A existência de um número único decorre também da ideia do estabelecimento de requisitos comuns no que respeita aos direitos das vítimas de crime na União Europeia, uma vez que possibilita a prestação de apoio emocional, informação sobre direitos e de como os exercer, e ainda o seu encaminhamento para serviços de apoio.

Existem neste momento 10 organizações de apoio à vítima a operar o 116 006 no seu Estado-Membro - Weisser Ring (Alemanha), Weisser Ring (Áustria), Croatian Victim and Witness Support Service (Croácia), Crime Victims Helpline (Irlanda), Slachtofferhulp Nederland (Países Baixos), Bílý Kruh Bezpečí (República Checa), Offerrådgivningen i Danmark (Dinamarca), Rikosuhripäivystys (RIKU, Finlândia), a APAV (Portugal) e France Victimes (França).

APAV apresenta nova campanha de sensibilização para o Voluntariado

Publicado .

A APAV apresentou uma nova campanha de sensibilização para o Voluntariado. O evento de apresentação da campanha teve lugar no dia 12 de Outubro na sala de voluntários do Gabinete de Apoio à Vítima de Lisboa. A campanha tem como mote "Ser Voluntário/a é um cartão de visita" e é fundamentalmente dirigida a um público jovem e universitário.

A campanha foi desenvolvida no âmbito da parceria entre a APAV e a Escola Superior de Comunicação Social (ESCS), com os alunos do curso de Publicidade e Marketing a desenvolveram campanhas originais de sensibilização para a APAV. Das várias campanhas apresentadas foi selecionada a campanha "Cartão de Visita", trabalhada por um grupo constituído pelas alunas Catarina Monteiro, Inês Queiroga, Mariana Fernandes, Mariana Mateus e Carolina Nunes.

A apresentação contou com a presença de Rui Costa (gestor do Voluntariado APAV) e de Catarina Monteiro e Inês Queiroga (duas representantes do grupo que desenvolveu criativamente a campanha). Na sessão de apresentação Rui Costa referiu a relevância do Voluntariado para o cumprimento da missão social da APAV, enquanto as alunas explicaram a campanha e o conceito criativo subjacente à mensagem.

18 Outubro | Dia Europeu de Combate ao Tráfico de Seres Humanos

Publicado .

No dia 18 de Outubro é assinalado o Dia Europeu de Combate ao Tráfico de Seres Humanos. Esta iniciativa pretende promover a sensibilização do público em geral, e dos governos europeus em particular, para a grave violação dos direitos humanos que constitui o crime de tráfico de seres humanos. O tráfico de seres humanos é um fenómeno conhecido como a escravidão dos tempos modernos, atingindo milhares de pessoas em todo o mundo com o fim de as submeter a uma ou mais formas de exploração.

Portugal, em conjunto com a comunidade internacional, tem vindo a envidar esforços no sentido de adoptar medidas de prevenção, investigação e penalização deste crime, bem como de intervenção e apoio às suas vítimas. No entanto, a luta contra o Tráfico de Pessoas constitui ainda um enorme desafio, que deve implicar o envolvimento de todos e todas.

O Observatório de Tráfico de Seres Humanos sinalizou 264 situações de Tráfico de Pessoas em 2016, reflectindo um aumento de 36,8% relativamente ao ano anterior e retratando Portugal como um país de destino das vítimas das várias formas de exploração. O mais recente Relatório de Tráfico de Seres Humanos / Trafficking In Persons Report (Junho 2017) do Departamento de Estado Norte Americano considera que o governo português adotou e implementou as medidas necessárias para combater o tráfico de seres humanos no país, realçando a importância do trabalho das organizações não governamentais envolvidas nas medidas de prevenção e combate ao tráfico de pessoas.

A APAV continua a desenvolver trabalho de intervenção com as vítimas deste crime, através da Rede de Apoio à Vítima Migrante e de Discriminação e do Centro de Acolhimento e Protecção Sul (unidade de acolhimento para mulheres vítimas de Tráfico de Seres Humanos). A APAV está ainda disponível para apoiar através da Linha de Apoio à Vítima, número 116 006 - dias úteis, das 9h às 19h - número gratuito e confidencial.

Mais informação sobre o crime de Tráfico de Seres Humanos:
www.naoaotrafico.pt

APAV Notícias #79 | Outubro 2017

Publicado .

A newsletter APAV Notícias, boletim informativo da APAV, apresenta um resumo das actividades mais recentes da Associação. A edição #79, outubro de 2017, reúne informação sobre: a nova campanha de sensibilização para o Voluntariado; a visita da delegação do Conselho Nacional do Ministério Público do Brasil;  o Dia Internacional da Pessoa Idosa; e a apresentação àdos recursos informativos e de prevenção desenvolvidos no âmbito do Projeto Junt@s na Prevenção da Violência contra as Crianças - projeto promovido pela APAV com o apoio financeiro da Fundação Jumbo para a Juventude. O boletim inclui ainda vários destaques. Consulte aqui a newsletter:

APAV Notícias #79 | Outubro 2017

CIG apresenta campanha de sensibilização sobre Tráfico de Seres Humanos

Publicado .

No dia 18 de outubro celebra-se o Dia Europeu de Combate ao Tráfico de Seres Humanos, que é uma das mais graves formas de violação da dignidade das pessoas. Assinalando a data, e no cumprimento do III Plano Nacional de Prevenção e Combate ao Tráfico de Seres Humanos 2014-2017, a Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (CIG) apresenta uma nova campanha dee sensibilização sobre o fenómeno. A campanha tem como mote a mensagem: "Não te cales".

Mais informação:
www.cig.gov.pt