APAV lança a segunda Newsletter do projeto PROVÍTIMAS

Publicado .

A APAV apresenta a segunda edição da Newsletter digital do projeto PROVÍTIMAS. O projeto, que tem como objetivo promover o papel do Ministério Público na garantia e efetivação dos direitos das vítimas de crime, está a correr desde outubro de 2018 e esta Newsletter vem dar a conhecer as atividades que foram implementadas pela APAV e os seus parceiros.

O projeto conta com o cofinanciamento do Programa Justiça da União Europeia e com as parcerias nacionais do Centro de Investigação de Direito Penal e Ciências Criminais da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e da Procuradoria-Geral da República. Neste projeto estão ainda envolvidas o White Circle Croatia e a Instituto para a Reintegração Social do País Basco, duas organizações que prestam serviços de apoio a vítimas de crime, bem como o Irish Council for Civil Liberties, uma organização de defesa de direitos humanos sediada em Dublin, na Irlanda.

Leia a Newsletter e fique a saber mais sobre este projeto aqui.

 

Regional Policy Meetings | Haia, 26 e 27 de setembro

Publicado .

Tiveram lugar em Haia, Holanda, nos dias 26 e 27 de setembro, os Regional Policy Meetings, promovidos em parceria pela REDRESS e pela Fair Trails.

Os encontros trataram a temática dos direitos das vítimas de crimes violentos aquando detidas provisoriamente ou em centros de detenção para imigrantes.

Neste encontros estiveram, em representação do Victim Support Europe, João Lázaro (presidente), e André Carpinelli, em representação da APAV.

APAV formaliza protocolo com Câmara Municipal da Golegã

Publicado .

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima e a Câmara Municipal da Golegã assinaram um protocolo de colaboração no dia 19 de setembro, com vista à criação de um serviço de atendimento e apoio à vítima mais próximo da população do concelho da Golegã.

Através deste acordo, a APAV irá trabalhar com o Município da Golegã, em colaboração direta, na Unidade Móvel do Apoio à Vítima da Lezíria do Tejo. A assinatura do protocolo foi feita pelo Presidente da APAV, João Lázaro, e pelo Presidente da Câmara Municipal da Golegã, José Veiga Maltez.

APAV apoia o festival Queer Lisboa

Publicado .

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima apoia o Queer Lisboa - Festival Internacional de Cinema Queer. Comprometida com a redução da violência discriminatória contra as pessoas LGBTIQ+, a APAV reconhece que a tolerância e o respeito à diversidade são um passo fundamental na construção de uma sociedade sem violência. O festival decorre até dia 28 de setembro, no Cinema São Jorge e na Cinemateca Portuguesa, em Lisboa.

Programação e mais informações:
queerlisboa.pt

APAV promove Exposição de Armas do Século XXI para apresentar Linha Internet Segura

Publicado .

A APAV - Associação Portuguesa de Apoio à Vítima é a entidade responsável pela Exposição de Armas do Século XXI, que está a decorrer nas Carpintarias de São Lázaro desde sábado passado, 21 de setembro.

A exposição, desenvolvida pela APAV no âmbito da campanha Não é Preciso ver para Crer,  pretende sensibilizar para as temáticas associadas ao cibercrime, assim como promover a Linha Internet Segura, cujo principal objetivo é apoiar e informar as vítimas de crimes relacionados com o mundo online.

A exposição apresenta «armas do século XXI»  – que se revelam telemóveis, tablets, computadores, webcams. De forma diferente de armas de outras épocas, estes são os objetos do nosso uso quotidiano que hoje escondem um perigo iminente: as várias formas de cibercrime.

Ricardo Estrela, porta-voz da APAV, explica que «com a Exposição de Armas do Século XXI, a APAV pretende sensibilizar o público em geral e mostrar que, na verdade, estamos ‘armados’ em todos os momentos. Os instrumentos e equipamentos tecnológicos têm um potencial enorme, tanto para o bom como para o mau uso, e os casos de cibercrime são um problema social bastante real, com consequências devastadoras para as vítimas. Com a contemporaneidade do digital, é necessário, cada vez mais, sensibilizar as pessoas para a prevenção e para lidar com o impacto destes crimes, muitas vezes relacionados com comportamentos racistas, xenófobos, entre outros que temos vindo a tentar combater ao longo das últimas décadas.»

Neste âmbito, a Exposição de Armas do Século XXI mostra ao público uma contextualização do cibercrime, no que se inclui extorsão de dados, cyberbullying, pornografia infantil, entre outros crimes que têm lugar no mundo digital. Além dos próprios equipamentos e dados acerca de cibercrimes, a exposição organizada pela APAV apresenta ainda, em formato de vídeo, alguns exemplos reais de indivíduos que sofreram crimes digitais.

A Linha Internet Segura está disponível através do número 800 219 090 e do e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Carpintarias de São Lázaro – Centro Cultural
Rua de São Lázaro 71, Lisboa