Exposição "Olha" de Valter Vinagre | IPDJ Faro

Publicado .

A APAV, em colaboração com o IPDJ - Instituto Português do Desporto e Juventude I.P., promove a exposição de fotografia “Olha” no IPDJ Faro. Esta exposição reúne um conjunto de trabalhos do fotógrafo Valter Vinagre, sendo o resultado de uma colaboração com a APAV, com o objectivo de retratar o universo das vítimas de crime em Portugal.

"Como fotografar o silêncio? Como fotografar o invisível ou o velado? Desde que há fotografia – melhor seria dizer, desde que há imagem – que o problema se põe. Seja porque o que está em causa são conceitos e não realidades tangíveis, seja porque essas realidades se furtam absolutamente ao olhar da câmara. A violência doméstica, entendida como fenómeno alargado, é um destes casos. É omnipresente em todas as sociedades, mas invisível. É ilegal (é mesmo um crime público) na nossa, mas resistente à sanção social e à lei. O que é novo na modernidade não é a violência, mas, por um lado a natureza dessa violência e, por outro, o modo como a vemos e a enquadramos entre o espaço público e privado. O seu território, o seu capital de impunidade é precisamente esse círculo fechado que constitui a privacidade, que deixa à porta o Estado, as leis, a urbanidade exigível aos comportamentos. (...) Poucos assuntos podiam ser menos atraentes e mais destituídos de glamour e de fotogenia como a vida das pessoas vítimas de violência. O circuito mediático guarda-as normalmente para encarniçar em nós a faceta humanista que todos julgamos ter. A serenidade cúmplice das imagens de Valter Vinagre recusa liminarmente essa parasitagem. No fundo elas dizem uma só coisa de diferentes maneiras. Olha. Compreende o que puderes. Se puderes. E age. Se puderes."
Celso Martins

A exposição estará patente no IPDJ Faro até dia 5 de Junho.

IPDJ - Loja Ponto JA - Faro
Rua da PSP | Faro

Segunda a sexta, das 9h00 às 18h00.

Parabéns, APAV!

Publicado .

Fundada no dia 25 de Junho de 1990, a APAV celebra o seu 24º aniversário. Aproveitamos a data para agradecer a todos aqueles que contribuíram para o sucesso do trabalho da APAV, apoiando as vítimas de crime, suas famílias e amigos. Vamos continuar a acreditar e trabalhar para que em Portugal o estatuto da vítima de crime seja plenamente reconhecido, valorizado e efectivo.

ACA-M lança campanha “Morte na Estrada: Se bebeu, deixe-me conduzir”

Publicado .

Numa perspectiva de prevenção da criminalidade rodoviária, a APAV associa-se ao lançamento da campanha promovida pela Associação de Cidadãos Auto-Mobilizados (ACA-M) e pelo Comando Metropolitano de Lisboa da PSP (COMETLIS), com o apoio da Liberty Seguros.

No âmbito da campanha será realizada uma acção, neste dia 12 de Junho (noite de Santo António, em Lisboa), alertando para os riscos da condução sob o efeito do álcool.

Facebook: https://www.facebook.com/events/1488533271381758/

Braga acolhe II Marcha pelos Direitos LGBT | 14 Junho

Publicado .

O coletivo Braga Fora do Armário organiza no próximo dia 14 de junho, às 16h, a II Marcha pelos Direitos LGBT – Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgénero. Subordinada ao lema “Pelas Famílias Arco-Íris”, esta marcha visa promover a visibilização e o reconhecimento da parentalidade LGBT na sociedade portuguesa, combatendo a discriminação com base na orientação sexual e identidade de género.

A iniciativa inicia-se no Arco da Porta Nova, situado no centro da cidade dos arcebispos, também conhecida por ser uma das mais conservadoras do país. A Marcha passará pela Sé Catedral de Braga, Câmara Municipal e Jardim Santa Barbara, terminando o seu percurso na Praça da República, onde será lido o Manifesto, que contém as principais críticas e reivindicações da população LGBT.

Teatro: “Amor Mau” | Rio Maior | A partir de 24 Maio

Publicado .

O espectáculo "Amor Mau", inserido num teatro de pesquisa no âmbito do projeto RG/Teatro Comunitário, resulta de uma parceria com a APAV, numa co-produção do Quem Não tem Cão com o Município de Rio Maior.

Neste espetáculo, com encenação de Rui Germano e a participação especial de Zé Manel (Darko, ex-vocalista dos Fingertips), o espectador assume o papel de parceiro do ator e, sem moralismos, é convidado a fazer uma reflexão sobre o poder e o domínio dos mais fortes sobre os mais fracos, chamando a atenção para as faces envergonhadas dos "desamores" resultado de cenários de Violência Doméstica: homens vítimas de violência; violência nos relacionamentos íntimos juvenis; violência na velhice; e violência doméstica entre pessoas do mesmo sexo.

A peça "Amor Mau" estará em cena no Cineteatro - Casa da Cultura de Rio Maior, nos dias 24 e 31 de Maio, 1 e 7 de Junho.

 "Amor Mau" | Quem Não Tem Cão