banner irs2020 top

15 Maio | Dia Internacional da Família

Publicado .

No dia 15 de Maio celebra-se o Dia Internacional da Família. A data foi escolhida pela Assembleia Geral da ONU que proclamou o dia, tendo sido celebrado pela primeira vez em 1994. A APAV lembra a campanha sobre Violência Doméstica "Até que a morte nos separe", desenvolvida mecenaticamente pela agência Lintas, e alerta para os objetivos que a celebração do dia proclama:

· A importância da família na estrutura do núcleo familiar e o seu relevo na base da educação infantil;

· Reforçar a mensagem de união, amor, respeito e compreensão necessárias para o bom relacionamento de todos os elementos que compõem a família;

· Chamar a atenção da população para a importância da família como núcleo vital da sociedade e para seus direitos e responsabilidades desta;

· Sensibilizar e promover o conhecimento relacionado com as questões sociais, económicas e demográficas que afetam a família.

 

Projecto Unisexo 2 promove acções de rua

Publicado .

O Projecto Unisexo 2 – prevenção da violência sexual no ensino superior, vai realizar durante a Queima das Fitas 2014 em Coimbra, várias acções de rua, junto dos estudantes do ensino superior e comunidade em geral, com distribuição de materiais de sensibilização para a prevenção da violência sexual.

As acções vão realizar-se nos seguintes dias e locais:

9 de Maio, 23:30 – Largo da Portagem

10 de Maio, 23:30 – Largo da Portagem

13 de Maio, 11:30 – Cantinas/ Praça da República

15 de Maio, 11:30 – Cantinas/ Polo II da Universidade de Coimbra

16 de Maio, 23:30 – Largo da Portagem

Estas acções integram-se na Campanha de prevenção da violência sexual do Projecto Unisexo 2, e contam com o apoio da Associação Académica de Coimbra, Câmara Municipal de Coimbra, Serviços Municipalizados e Transportes Urbanos de Coimbra, Serviços de Acção Social da Universidade de Coimbra, Serviços de Acção Social do Instituto Politécnico de Coimbra,  Comissão da Queima das Fitas 2014 e Rádio Universidade de Coimbra.

Seminário: "Access to Justice for Crime Victims in the EU" | Trier | 10/11 Abril

Publicado .

A ERA - Academia Europeia de Direito realizou na sua sede, Trier, Alemanha, um seminário para juristas sobre o acesso das vítimas de crime à justiça. O evento reuniu durante dois dias (10 e 11 de Abril) cerca de setenta profissionais que lidam, mais direta ou indiretamente, com vítimas de crime.

A APAV foi oradora convidada para o painel referente ao papel das organizações de apoio à vítima no âmbito do processo penal, tendo estado representada pelo seu Presidente, João Lázaro. A participação portuguesa contou também com Henrique Martins Gomes (advogado, como orador) e duas juízas e um procurador (como participantes).

Mais informação: www.era.int

Prémio Teresa Sequeira Franco | Voluntariado APAV: Catarina Viegas recebeu Menção Honrosa

Publicado .

   

Realizou-se no dia 23 de Abril a cerimónia de entrega do Prémio Teresa Sequeira Franco | Voluntariado APAV. O evento de entrega do prémio teve lugar na Sede da APAV, em Lisboa, e contou com a presença dos Herdeiros de Teresa Sequeira Franco e do Presidente da APAV, João Lázaro.

Para esta primeira edição do Prémio Teresa Sequeira Franco foram recebidas onze candidaturas. O Prémio tem por finalidade perpetuar a memória de Maria Teresa Sequeira Franco (1938-2009), Voluntária e Tesoureira da APAV; e promover o Voluntariado na APAV, enquanto força dinâmica da sua missão.

O Júri decidiu, por unanimidade, a atribuição de uma Menção Honrosa ao Projeto "SinTUniza-te", de Catarina Viegas (Gabinete de Apoio à Vítima de Faro).

APAV marca presença na conferência "Novos Fluxos Migratórios e Tráfico de Pessoas"

Publicado .

No dia 3 de Abril a APAV participou na conferência "Novos Fluxos Migratórios e Tráfico de Pessoas", organizada pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) no Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) de Beja.

A conferência contou com a participação de profissionais de diversas áreas, que apresentaram informações sobre a ocorrência de exploração laboral e tráfico de seres humanos nas explorações agrícolas da região do Alentejo, vitimando sobretudo trabalhadores estrangeiros que vem para Portugal com a promessa de um emprego digno, e que ao chegarem neste país são submetidos a trabalhos forçados e condições desumanas de alojamento e alimentação.

Os palestrantes realçaram a importância de sensibilizar o setor privado para a questão da exploração laboral, o que vai ao encontro do Projeto Briseida, que está a ser desenvolvido pela APAV desde o ano passado e tem como objetivo principal envolver o setor privado no combate ao tráfico de seres humanos para exploração laboral.