SITUAÇÃO GEOGRÁFICA

Portugal está situado no extremo sudoeste da Europa e inclui os arquipélagos da Madeira e dos Açores no Oceano Atlântico. No continente europeu, o território português ocupa uma área de 88.889 km2 (com 218 km de largura, 561 km de comprimento, 832 km de costa atlântica e 1.215 km de fronteira terrestre com Espanha).

A cidade do Porto, com uma área de 45 km2, e uma população de cerca de 240 mil residentes, é a segunda maior cidade do país, conhecida como a capital do Norte, e com o seu Centro Histórico classificado Património Cultural da Humanidade pela UNESCO desde 1996.

LÍNGUA

Português - De raiz latina, o português é a terceira língua europeia mais falada no mundo, por cerca de 200 milhões de pessoas. Países de expressão oficial portuguesa: Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe, em África, o Brasil, na América do Sul e Timor-Leste na Ásia.

INFORMAÇÃO DEMOGRÁFICA

Portugal tem uma população de cerca de 10 milhões e 300 mil habitantes. Na cidade do Porto vivem cerca de 260 mil residentes.

ELETRICIDADE

Corrente elétrica: 230 / 400 volts, na frequência de 50 hertz. As tomadas de corrente seguem as normas europeias. A utilização de fichas de lâmina (padrão americano) deve ser conjugada com um transformador para 230 volts e, ainda, uma ficha adaptadora.

MOEDA

Euro é a moeda oficial de Portugal, desde o dia 1 de Janeiro de 1999, embora só tenha sido introduzida como moeda real a partir de Janeiro de 2002. Actualmente, nos países da zona Euro (Alemanha, Áustria, Bélgica, Espanha, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Irlanda, Itália, Luxemburgo e Portugal) o Euro é a moeda oficial e comum a todos. 1 Euro divide-se em 100 Cêntimos. Para as novas moedas definiram-se oito valores faciais: 1, 2, 5, 10, 20 e 50 Cêntimos e 1 e 2 Euros. As notas distinguem-se pela sua dimensão e cor e têm os seguintes valores: 5, 10, 20, 50, 100, 200 e 500 Euros.

LOCAIS INTERESSANTES PARA VISITAR


JARDINS DO PALÁCIO DE CRISTAL

Os Jardins Românticos do Palácio de Cristal ocupam uma área de 8 hectares no centro do Porto e foram projetados no século XIX pelo arquiteto paisagista alemão Émille David, no contexto da construção do próprio edifício do Palácio de Cristal. Atualmente conservam-se ainda do projeto original, o Jardim Émille David na entrada principal, a Avenida das Tílias, o bosque e a conceção das varandas sobre o Douro. Pode ainda contemplar-se as magníficas panorâmicas sobre o rio e sobre a cidade, que miradouros em posições estratégicas nos oferecem. De referir que estes jardins tirando partido do património botânico e da dinâmica lúdico-cultural, acolhem um Centro de Educação Ambiental.

TORRE DOS CLÉRIGOS

Obra barroca, da autoria de Nicolau Nasoni, construída na primeira metade do século XVIII. A Torre é um dos monumentos mais emblemáticos da cidade do Porto. A vista panorâmica sobre a cidade e o rio Douro, que se alcança do alto da Torre, vale bem o esforço de subir a escadaria com cerca de 240 degraus. Aproveitando os recentes trabalhos de renovação e reconversão de um dos mais prestigiados edifícios da cidade do Porto, apoiados num projeto que cedo resolveu os constrangimentos de acessibilidade do complexo, foi instalado de um posto de perceção multissensorial que simulasse a experiência de subida à Torre do Clérigos, acessível e disponível a todos os visitantes.

CAVES DO VINHO DO PORTO

Depois das fotos obrigatórias, parta à descoberta daquele que é um dos símbolos de reconhecimento da nossa cidade. O Vinho do Porto é motivo de orgulho e a passagem pelas suas Caves é obrigatória. Poderá encontrá-las na margem esquerda do Rio Douro, do lado de Vila Nova de Gaia.

PALÁCIO DA BOLSA

Monumento Nacional, o Palácio da Bolsa, propriedade e sede da Associação Comercial do Porto, foi projetado por Joaquim da Costa Lima em estilo neoclássico, em 1842. Situado no centro histórico da cidade, é um dos monumentos mais visitados, nele se destacando o famoso Salão Árabe. Centro Cultural e de Conferências, o Palácio da Bolsa é um espaço com condições únicas para a realização de eventos, e iniciativas que tenham a excelência por atributo. Ponto integrante da Rota Urbana do Vinho. Acessível a pessoas com mobilidade reduzida por entrada lateral.

CASA DE SERRALVES

A Casa de Serralves, sede da Fundação de Serralves, foi construída na década 30 do séc. XX e constitui um dos melhores exemplos do movimento Art Déco da Europa. Respeitando rigorosamente o projecto de Marques da Silva, a Casa acolhe exposições e eventos. A Casa está localizada no Parque de Serralves, referência singular da paisagem em Portugal, estendendo-se harmoniosamente por dezoito hectares de magníficos jardins, uma quinta tradicional e até uma mata. Projecto do arquitecto Jacques Gréber, o Parque de Serralves é um dos poucos jardins portugueses construídos na primeira metade do século XX. Localizada no coração do Porto, a Fundação de Serralves reúne num só espaço o Museu de Arte Contemporânea, o Parque e a Casa Art Déco, bem como espaços de lazer, lojas e restaurantes.

MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA DE SERRALVES

Projetado pelo arquiteto Siza Vieira, o Museu de Arte Contemporânea de Serralves é o primeiro projeto do género em Portugal e também o maior centro cultural multidisciplinar do norte do país. Único na sua sobriedade arquitetónica e ambiente natural, o Museu de Arte Contemporânea de Serralves é atualmente o museu pago mais visitado de Portugal onde são apresentadas exposições temporárias dos mais importantes artistas nacionais e estrangeiros, estando inserido nos principais circuitos de arte contemporânea. O Museu é a pedra angular da Fundação de Serralves, cuja missão é sensibilizar o público para a arte contemporânea e o ambiente.

PARQUE DE SERRALVES

O Parque de Serralves, da primeira metade do século XX, foi o primeiro jardim privado nacional construído com base num projecto de arquitectura paisagística. Concluído em 1940,o jardim adequa-se ao perfil neoclássico da arte dos jardins franceses, ligeiramente modernizado, afastando-se do conceito tradicional de jardins vigente no Porto. Quer pelas características históricas e artísticas, quer pela dimensão (18 hectares), diversidade paisagística e estado de conservação, o Parque de Serralves é um lugar único no panorama nacional e internacional. Inclui paisagens muito diversificadas, desde os declinados socalcos aos frondosos bosques, da geometria labiríntica de uns jardins aos terrenos agrícolas, do roseiral ao lago romântico. Composto por vestígios de um jardim do século XIX, pela Quinta do Mata-Sete, pela Casa de Serralves e pelo Museu de Arte Contemporânea de Serralves, cujos jardins foram concebidos de modo a fundirem-se harmoniosamente com a paisagem envolvente e a estrutura edificada. Edifício classificado como monumento de interesse público.

RIBEIRA

De destacar é também a viagem pelo rio Douro, pelas seis pontes da cidade, possibilitando uma viagem pelos contrastes da cidade, percebendo que o Porto se estende para lá da Ribeira, numa paisagem onde o verde das margens mergulha languidamente no escuro azul das águas do rio.

IGREJA DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS

Principal templo em estilo gótico existente na cidade, cuja construção se iniciou no século XIV, é uma das mais importantes obras do Barroco, pelo seu interior em talha dourada, dos séculos XVII e XVIII. Foi a exuberância de dourado que levou o Conde de Raczinsky, a descrevê-la como a «igreja de oiro». E deslumbrado acrescenta: «A talha desta igreja é de uma riqueza e de uma beleza que ultrapassa tudo quanto vi em Portugal e em todo o mundo». De destacar a Árvore de Jessé, bem como o Cemitério Catacumbal. É Monumento Nacional desde 1910 e Património Cultural da Humanidade - UNESCO desde 1996.

MUSEU NACIONAL DE SOARES DOS REIS

Antigo Museu Portuense de Pinturas e Estampas e primeiro museu público de arte de Portugal, fundado em 1833. Está instalado desde 1940 no Palácio dos Carrancas, construído nos finais do séc. XVIII, por uma família abastada do Porto e presentemente classificado como imóvel de interesse público. Possui coleções de cerâmica, escultura, gravura, joalharia, mobiliário, ourivesaria, pintura, têxteis e vidros, com destaque para o Desterrado, obra-mestra do patrono do museu, o escultor António Soares dos Reis. O museu foi objeto de profunda intervenção de renovação e ampliação, segundo projeto do arquiteto Fernando Távora que, preservando as características do edifício histórico, o dotou de novos e qualificados espaços interiores e exteriores. Dispõe de cafetaria, biblioteca, acessível mediante marcação prévia, serviço de educação e sala multimédia.

CASA DA MÚSICA

Edifício projetado pelo arquiteto holandês Rem Koolhaas, a Casa da Música foi inaugurada em 2005 e desde então tornou-se um ícone da arquitetura contemporânea, atraindo visitantes dos mais variados pontos do mundo. A programação, dinâmica e inovadora, num espectro que vai da música clássica às tendências urbanas de vanguarda, beneficia em larga escala dos quatro agrupamentos residentes: Orquestra Sinfónica, Remix Ensemble, Orquestra Barroca e Coro. A instituição desempenha também um papel importante na vertente educativa, promovendo concertos, workshops e atividades diversas para famílias com crianças e público escolar. Diariamente há visitas guiadas ao edifício, que dispõe de vários bares de apoio e de um restaurante localizado na cobertura, com uma magnífica vista sobre a cidade. 50% desconto nas visitas à Casa da Música.

FORTE DE SÃO FRANCISCO XAVIER / CASTELO DO QUEIJO

Construído no séc. XVII para defesa costeira contra as incursões de piratas do Norte de África. É também conhecido como Castelo do Queijo por, segundo a tradição, ter sido edificado sobre uma rocha de granito arredondada, e com um formato similar ao de um queijo.

À NOITE

Nos últimos anos, a cidade do Porto ganhou um novo fôlego turístico e a vida noturna não fica incólume a esta energia. Surgiram novos espaços e outros renovaram-se. Definiram o público, o género de música e têm alma própria.

Algumas sugestões: Baixaria, Bubbles Food and Bar, Candelabro, Casa do Livro, Champanheria da Baixa, Eskada Porto, Fé – Wine & Club e Maus Hábitos.

TELECOMUNICAÇÕES

Existem cabines telefónicas públicas onde podem utilizar-se moedas ou cartões específicos que estão à venda nas lojas Portugal Telecom, nas estações de correio, em quiosques e tabacarias assinalados. Os indicativos dos países estão expostos nas cabinas. Para telefonar de Portugal para o estrangeiro, marque 00, o código do país e da cidade, seguido do número pretendido.

HORÁRIOS

Comércio: Dias úteis - das 9h às 13h e das 15h às 19h, mas algumas lojas mantêm-se abertas durante a hora de almoço. Aos sábados, de Janeiro a Novembro, e na generalidade, o comércio fecha às 13h, embora algumas lojas nos centros das cidades permaneçam abertas durante a tarde. Em Dezembro, o comércio funciona de segunda-feira a sábado, das 9h às 13h e das 15h às 19h. Nos centros comerciais o horário de funcionamento é mais alargado, sendo habitualmente das 10h às 24h.

Bancos: Funcionam de segunda a sexta-feira entre as 8h30 e as 15h.

Restaurantes: abertos para almoço entre as 12h e as 15h e para o jantar, entre as 19h e as 22h. Existem alguns restaurantes com um horário de funcionamento mais alargado.

Farmácias: Dias úteis: 9h / 13h e 15h / 19 h. Sábados: das 9h às 13 h. Todas as Farmácias quando estão encerradas, têm indicação da Farmácia de Serviço mais próxima, onde atendimento é efectuado 24 horas por dia.

Correios: As Estações de Correios estão abertas entre as 9h e as 18h, nos dias úteis. As estações centrais e dos Aeroportos estão abertas aos sábados.

DIFERENÇAS HORÁRIAS

(GMT/UTC GMT/UTC +1 no verão)

Austrália - Camberra + 10h

Brasil - Brasília -3h

França - Paris +1h

Alemanha - Bona +1h

Holanda - Amsterdão +1h

Itália - Roma +1h

Japão - Tóquio +9h

Noruega - Oslo +1h

África do Sul - Cidade do Cabo +2h

Espanha - Madrid +1h

Suécia - Estocolmo +1h

RU - Londres =

EUA - Chicago -6h

EUA - Los Angeles -8h

EUA - Nova Iorque -5h

EUA - Washington -5h

CÓDIGOS DE ÁREA

351 – Portugal

 

CLIMA

No Porto, apesar de as temperaturas tenderem para o ameno, os verões podem ser bastante quentes, mas raramente intoleráveis, graças à proximidade ao Oceano Atlântico. O Outono é uma estação muito agradável, contudo com a chegada do Inverno, chega também a chuva. O Porto recebe mais chuva do que o sul do país e devido à maior quantidade de precipitação, a paisagem é muito verde. A Primavera é uma época muito agradável para visitar a cidade, porque as chuvas do Inverno já abrandaram e sol regressou sem as temperaturas escaldantes do verão.

O clima é temperado marítimo, com o verão ameno, com temperaturas entre os 15ºC e os 25ºC, podendo ocasionalmente atingir os 35ºC entre julho e setembro. O outono e o inverno são tipicamente ventosos, chuvosos e frescos, com temperaturas habituais entre os 5ºC e os 14ºC.

GASTRONOMIA

Da cidade do Porto emergiram muitas das receitas tradicionais mais conhecidas do país. A Francesinha é a iguaria mais famosa, composta por pão de forma, bife ou carne assada, linguiça, salsicha fresca, fiambre e queijo e regada com um célebre molho. A inclusão de ovo estrelado ou de batata frita é, normalmente, a opção de acompanhamento. Para além da Francesinha, no Porto há um especial motivo de orgulho na afirmação de mais três criações: Bacalhau à Gomes de Sá, Caldo Verde e Tripas à Moda do Porto. Este último, o prato típico por excelência da cidade, apesar de ter uma receita histórica que remonta ao período dos Descobrimentos portugueses, ainda pode ser saboreado em muitos dos restaurantes da Invicta.

Vinhos Portugueses

A Região Vinhateira do Alto Douro ou Alto Douro Vinhateiro é uma área do nordeste de Portugal com mais de 26 mil hectares, classificada pela UNESCO, em 14 de Dezembro de 2001, como Património da Humanidade, na categoria de paisagem cultural e rodeada de montanhas que lhe dão características mesológicas e climáticas particulares.

TRANSPORTES NO PORTO
Metro

O metro no Porto tem 6 linhas, 67km de extensão total de rede e 81 estações, das quais 14 são subterrâneas. A rede de metro serve os concelhos de Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Maia, Matosinhos, Porto, Vila Nova de Gaia e Gondomar.

O Andante é o título para os transportes públicos da Área Metropolitana do Porto. Quer ande de autocarro, metro ou comboio, pode usar sempre o Andante. O preço depende apenas do trajeto a efetuar e não do modo de transporte que utiliza ou do número de embarques que efetua.

Há vários postos de venda onde pode adquirir e/ou carregar o seu Andante. Antes de viajar, é obrigatório validar o seu título de transporte. Cada pessoa deve ter o seu próprio Andante. O cartão tem um custo de 0,60€ e é recarregável com títulos ocasionais (Títulos de Viagem e Andante 24). Cada cartão pode conter vários títulos iguais em simultâneo.

Aluguer de automóveis

Nos aeroportos, nas estações terminais de transportes internacionais de caminhos-de-ferro, e nas principais localidades, existem serviços de aluguer de automóveis sem condutor. Para os condutores com dificuldades de locomoção, ou que o preferirem, é possível o aluguer de veículos com caixa automática ou adaptados. Para o aluguer de viaturas é necessário:

- ter entre 21 e 25 anos, consoante as condições de aluguer de cada empresa;

- apresentar uma identificação (bilhete de identidade para os cidadãos da U.E. ou passaporte válido para as outras nacionalidades);

- carta de condução válida há mais de um ano.

Mais informações:

visitporto.travel/Visitar/Paginas/Viagem/Visitar.aspx?AreaType=3&Area=29

Bancos

Os Bancos estão abertos ao público entre as 8h30 e as 15h, nos cinco dias úteis da semana. Existe uma rede nacional de ATMs, identificada por MB (Multibanco), que permite o levantamento de numerário, 24 horas por dia.

Correios

Na generalidade, as Estações de Correio encontram-se abertas de 2ª a 6ª feira, das 9h às 18h. As estações centrais e dos aeroportos têm horários mais alargados, podendo estar abertas aos sábados e em alguns casos também aos domingos. Os selos vendem-se nas Estações de Correio e nas máquinas existentes nas ruas. Muitas Estações de Correio disponibilizam o serviço Netpost que mediante pagamento, permite o acesso ao E-mail pessoal e à internet. Poderá obter informações mais pormenorizadas sobre horários e serviços disponíveis em cada Estação em ctt.pt

Farmácias

Na generalidade, as Farmácias estão abertas ao público nos dias úteis entre as 9h e as 19h (algumas encerram para almoço entre as 13h e as 15h), e aos sábados das 9h às 13h, encontrando-se assinaladas por uma cruz verde iluminada, quando de serviço durante a noite. Todas têm afixada na porta informação acerca das Farmácias que se encontram abertas à noite e estão mais próximas.

Lojas

Tradicionalmente as Lojas funcionam de 2ª a 6ª feira, abrindo as suas portas entre as 9h e as 10h, e encerram às 19h. Algumas fazem uma pausa à hora de almoço, das 13h às 15h. Aos sábados, de Janeiro a Novembro, o comércio encerra na generalidade às 13h, embora algumas lojas situadas no centro das cidades se mantenham abertas durante a tarde. No mês de Dezembro, para facilitar as compras de Natal, o comércio funciona ao sábado à tarde, e em alguns casos também ao domingo. Os numerosos Centros Comerciais, que existem dentro e fora das cidades, possuem um horário de funcionamento mais alargado - habitualmente das 10h às 24h, todos os dias da semana. Aqui, encontram-se lojas das principais marcas internacionais, mas o comércio mais tradicional, com produtos portugueses, está espalhado pelas ruas das localidades, sobretudo nos bairros antigos.


CONTACTOS ÚTEIS

PSP - ESQUADRA DE TURISMO PORTO

Rua Clube dos Fenianos, nº 11
4000-172 PORTO

Número Nacional de Emergência: 112

Informação Turística - Em Portugal contacte: 808 781 212

SEF - Serviço de Estrangeiros e Fronteira: 808 202 653

PSP / Comando Metropolitano do Porto: 222 081 833

GNR / Comando Geral: 21 321 70 00

 

 

Saiba mais sobre Direitos das Vítimas de Crime

infovictims com